ANÁPOLIS GOIÁS
CONEXÃO SERTANEJA
Atualizado em 12/12/2023 - 16:58

Uma mulher de 38 anos ficou lesionada e teve a casa incendiada ao ser agredida pelo marido, de 42, em Anápolis. Por sorte, o fogo que começou no sofá não se propagou pelo imóvel. Já o companheiro da vítima fugiu do local, mas foi preso pela Polícia Militar (PM) em um bar da região. O crime aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (11) no Residencial Araguaia.

De acordo com a PM, a mulher estava dormindo com as filhas e ao acordar notou que um amontoado de roupas estava pegando fogo. Na sequência, segundo a vítima, ao questionar o companheiro houve uma briga entre o casal.

Após acionamento via 190, policiais militares da Força Tática localizaram o suspeito em um bar. Ele disse que a companheira passou a noite ingerindo bebidas alcoólica, e além disso, informou que ela tinha o interesse de tirar tudo dele. Então, segundo o suspeito, o casal entrou em vias de fato.

Durante a confusão, roupas foram queimadas pelo fogo e um celular ficou danificado. Militares do Corpo de Bombeiros combateram as chamas no local.

“Não quero ver ele preso, pois amo meu marido”

O que chamou a atenção é que a mulher decidiu perdoar o marido. Na delegacia ela argumentou: “Não quero ver ele preso, pois amo meu marido”. Porém, as evidências do crime fizeram que o autor permanecesse preso. Ele responderá pelo crime de violência doméstica, com base na Lei Maria da Penha.

Plantão Policial

Ouça detalhes dessa prisão e de outros fatos registrados na área policial em Anápolis e região nesta terça-feira (12):

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem