ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 04/07/2022 - 16:47

O comerciante João Santana Rabelo Júnior, de 58 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) na madrugada de domingo (3), na Vila Santa Maria de Nazareth, em Anápolis. Dois criminosos de 21, e outros de 20 e 22 anos confessaram o latrocínio e foram presos em operação conjunta do GRAER, CPE e Força Tática do 3º CRPM. Além da caminhonete, duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Militar (PM).

Segundo a PM, um dos autores possui nove passagens por homicídio. Mariane, sobrinha da vítima, agradeceu ao trabalho da polícia e disse que foi crueldade o que fizeram com o tio dela. “Nós queremos justiça e que esses criminosos fiquem presos. A dor é muito grande”, disse ao repórter Jonathan Cavalcante.

Em entrevista ao vivo no programa Bate Rebate da 97.7 FM, o Comandante da Força Tática do 3º CRPM, Capitão Janderson Lago, comentou sobre a operação da polícia militar e lamentou a morte do trabalhador. Ouça o áudio e saiba os nomes dos presos:

Segundo a corporação, a vítima e a esposa estavam saindo para trabalhar quando João foi rendido por quatro criminosos que levaram a caminhonete da vítima e atiraram. O empresário não resistiu e morreu no local.

A PM informou que os envolvidos no latrocínio também são suspeitos de diversos outros crimes cometidos na cidade de Anápolis, entre eles, roubo ocorrido em uma clínica onde foi levado um carro de passeio.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem