ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE
Atualizado em 06/01/2023 - 14:18

Foi preso, nesta quinta-feira (5), Gustavo de Oliveira Ribeiro, de 24 anos. De acordo com a Polícia Civil de Anápolis, o jovem oferecia presentes para um adolescente de 13 anos interessado em jogos on-line e, em troca, o menino enviava fotos e vídeos íntimos. Por isso, o jovem foi indiciado por armazenar material de pornografia infantil e por estupro de vulnerável.

À Rádio São Francisco, o delegado Manoel Vanderic diz que os crimes acontecem desde 2020, quando o menor tinha 11 anos. “No ano passado, o autor criou vários perfis fakes em redes sociais, onde divulgou os ‘nudes’ do adolescente”, afirma.

Vanderic diz que os objetos eletrônicos apreendidos na casa de Gustavo serão periciados. A prisão do jovem foi realizada por policiais do Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Geacri).

O que diz a defesa

Em nota, o advogado de Gustavo de Oliveira Ribeiro diz que o cliente nega ser o autor ou armazenador de qualquer material de cunho pornográfico que envolva menor e alegou que foi vítima de uma “armação”. Em síntese, o profissional da advocacia indica que terceiros invadiram o computador de Gustavo.

Divulgação da imagem

A Polícia Civil autorizou a divulgação de imagem e identificação do suspeito com o objetivo de que a publicação possa ajudar no surgimento de novas vítimas. Possíveis outras vítimas do suspeito devem procurar o Geacri de Anápolis ou entrar em contato pelos telefones 197 ou (62) 3328-2736.

Plantão Policial

Ouça os detalhes da prisão do suspeito no Plantão Policial desta sexta-feira (6):

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem