ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE ESPECIAL
Atualizado em 14/07/2023 - 13:56

A Policia Civil de Anápolis prendeu, nessa quinta-feira (13), um pedreiro de 48 anos suspeito de ter abusado sexualmente de uma criança autista. A vítima é filha da namorada do homem e os abusos teriam ocorrido desde os 7 anos, atualmente ela está com 13. Ele responderá pelo crime de armazenamento de pornografia infantil.

De acordo com a delegada Kênia Batista Dutra Segantini, durante a busca e apreensão foi encontrada uma foto íntima de uma criança no celular do suspeito, possivelmente da vítima.

“É uma imagem bem explícita. Ele disse que a criança que teria enviado a foto. Porém, não existem elementos que comprovem isso, principalmente pelo ângulo que a imagem foi fotografada”, disse a titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em entrevista à Rádio São Francisco 97.7 FM.

Segundo a Polícia Civil, além dos depoimentos de testemunhas, a criança também passou por uma avaliação psicológica, o que colaborou para o inquérito. “Essa avaliação indicou que, de fato, essa criança estava sendo abusada por esse indivíduo”, afirmou Kênia Segantini.

A titular da DPCA pontuou que a vítima possui um carinho especial pelo namorado da mãe, e tem o costume de chamá-lo de ‘pai’. O pedreiro está preso na Unidade Prisional de Anápolis e permanece à disposição do Poder Judiciário.

Plantão Policial

Ouça a entrevista e detalhes de outras ocorrências no Plantão Policial divulgado na manhã dessa sexta-feira (14):

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem