ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 06/11/2023 - 18:19

No último domingo (05) duas imagens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 vazaram para a internet ainda durante a realização das provas. A primeira foto (abaixo) mostra as questões de 13 a 16, da prova de linguagens do tipo rosa. A suspeita é de que o registro tenha sido compartilhado por volta das 15h40min. Ou seja, quase três horas antes de 18h30min, horário da liberação da saída de participantes com o caderno de questões.

Outra foto tirada durante a aplicação das provas foi para a internet antes da hora, nele aparece a página 19 do caderno de provas do tipo branco. Ainda mais crítico, este vazamento traz o tema da redação:  “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”. Aparecem também  instruções para redigir a dissertação, como número de linhas da folha, uso de caneta preta e penalidade com nota zero quando houver fuga do tema proposto, além de quatro textos de apoio relacionados ao tema proposto. Confira:

Investigação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) acionou a Polícia Federal ainda na tarde de domingo para investigar os vazamentos. Em nota, a assessoria do Instituto disse:“Supostas imagens da prova do Enem passaram a circular nas redes sociais, depois do início da aplicação do exame. Então, acionamos a Polícia Federal que está investigando para tomar as providências cabíveis”.

A sete chaves

As regras descritas no edital do Enem 2023 prescrevem uma série de medidas de segurança para evitar que os participantes colem no exame. Todos os dispositivos eletrônicos devem ser desligados antes de guardar em um envelope lacrado. O pacote só poderá ser aberto quando o participante sair do local de prova. Então, caso durante a aplicação algum celular ou outro aparelho (mesmo guardado) emita qualquer som, o aplicador eliminará o candidato.

Além disso, todos os participantes precisam passar por um detector de metais ao entrar e sair do banheiro e as três últimas pessoas de cada sala devem sair juntas. Há 4 tripos de prova (amarela, branca, azul e rosa) com diferenças na ordem das questões.

Neste ano, só é permitido sair com o caderno de provas nos últimos 30 minutos, o que significa que os candidatos que desejaram conferir seus erros e acertos assim que o gabarito for divulgado tiveram de esperar uma hora a mais do que em 2023.  Portanto, todas essas medidas tem o objetivo de garantir que a prova seja segura e isenta, mesmo em caso de vazamento.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem