ANÁPOLIS GOIÁS
FESTA DA MUSICA
Atualizado em 26/06/2023 - 15:16

A Polícia Civil investiga o caso em que uma criança de 2 anos sofreu fratura e hematomas no rosto, em Anápolis. O menino precisou ser internado na UPA Pediátrica – Dr. Lineu Gonzaga Jaime no último sábado (24). Em depoimento, o padrasto disse ao Conselho Tutelar que a criança teria caído da cama enquanto ele lavava louças.

A mãe estava trabalhando no momento do suposto acidente e soube do ocorrido após um telefonema do companheiro. A reportagem da Rádio São Francisco FM apurou que, durante o atendimento médico, a criança apresentava edema no olho esquerdo, fratura no rosto, sangramento pelo nariz e chorava bastante.

Por causa da fratura, o menino precisou ser transferido para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), em Goiânia. A conselheira tutelar Mardila de Almeida afirmou que a suposta queda ocorreu quando a criança estava sozinha com o companheiro da mãe.

“A mãe disse que não acredita que o padrasto tenha feito algo contra a criança. O Conselho Tutelar orienta que pais e mães fiquem atentos aos sinais e saibam quem são as pessoas que estão cuidando de seus filhos”, disse Mardila, em entrevista ao jornalista Jonathan Cavalcante.

Investigação

Por fim, a criança recebeu alta hospitalar e se recupera, em casa, sob os cuidados da mãe. De acordo com a conselheira tutelar Mardila de Almeida, o padrasto foi retirado da residência após solicitação de medidas protetivas.

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Plantão Policial

Ouça informações sobre o caso e detalhes de outras ocorrências no Plantão Policial divulgado nesta segunda-feira (26):

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem