ANÁPOLIS GOIÁS
CONEXÃO SERTANEJA
Atualizado em 07/12/2022 - 11:43

Após terceira reunião do governo estadual com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nesta quarta-feira (30), Ronaldo Caiado (União brasil) acredita que a aprovação da venda da concessão da Celg-D à Equatorial deve ocorrer na próxima terça-feira (6).

Para que o processo seja efetivado, é necessário, no entanto, apoio dos membros da diretoria da Aneel, que deve seguir o parecer do relator Hélvio Guerra. Assim como a concordância do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), já favorável desde outubro.


“Caso a decisão se confirme, após o documento ser assinado e publicado, a nova empresa assumirá o controle do fornecimento de energia no estado a partir de janeiro”, disse o governador logo após a reunião.


Transição

De acordo com Caiado, o governo acompanhará todo o processo de transição entre as empresas para garantir um serviço de qualidade à população. No entanto, segundo o governador, o problema não deve ser resolvido de imediato, mas espera comprometimento da nova corporação para sanar os problemas enfrentados com a Enel.

Venda da concessão

A concessão da Celg-D foi vendida para a Equatorial no dia 23 de setembro deste ano pelo valor de R$ 1,6 bilhão. A concessão possui cerca de 3,3 milhões de unidades consumidoras em 237 municípios e operava em Goiás desde o ano de 2016, quando houve a privatização da estatal em um lance único de R$ 2,1 bilhões.

Leia também:

MPGO recomenda que bares e restaurantes retirem mesas e cadeiras de calçadas em Anápolis

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem