ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 18/08/2023 - 11:51

O ex-vereador Jair Barbosa Tavares, conhecido como Zico Bacana, e o irmão Jorge Tavares foram assassinados nesta segunda-feira (7) no bairro de Guadalupe, Zona Norte do Rio de Janeiro. Um veículo parou em frente ao local onde estavam os irmãos e um grupo de homens atirou contra eles. O ex-vereador foi testemunha nas investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco em 2018.

Em nota, a Polícia Militar disse que uma terceira pessoa, ainda não identificada, também morreu no ataque.

Segundo o Hospital Municipal Albert Schweitzer, Zico Bacana deu entrada às 17h50, mas já estava morto. Ele tinha 53 anos e chegou a ser investigado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das milícias, acusado de chefiar um dos grupos criminosos. Acusação que negou na época.

Vereador do Rio de Janeiro entre 2017 e 2020, pelo Podemos, Zico Bacana se identificava como paraquedista e policial militar. Em 2020, havia sofrido uma tentativa de assassinato. Segundo o próprio, escapou por pouco, uma vez que a bala passou de raspão na cabeça.

Nas redes sociais, mesmo sem ocupar cargo público, se apresentava como liderança comunitária em bairros da Zona Norte.

Fonte: Agência Brasil

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem