ANÁPOLIS GOIÁS
FESTA DA MUSICA
Atualizado em 11/03/2024 - 15:55
Um homem, de 29 anos, e duas mulheres, de 50 e 52 anos, foram presos na noite deste domingo (10) na BR-153, em Morrinhos, no sul de Goiás. Conforme a Polícia Rodoviária Federal de Goiás (PRF-GO), o trio transportava mais de 800 cigarros eletrônicos contrabandeados do Paraguai.

Os policiais, que desconfiaram dos ocupantes do carro, revistaram o porta-malas, o assoalho e os bancos do carro, onde também encontraram essências, material de pesca, eletrônicos e vestuários. Todo o material estava sendo transportado sem documentação e foi apreendido.

Conforme levantamentos preliminares da PRF-GO, as mercadorias foram compradas em Pedro Juan Caballero, cidade que fica na fronteira entre o Brasil e o Paraguai e seriam levadas a lojistas de Brasília.

Veja o vídeo:

Cigarros eletrônicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe desde 2009 a fabricação, comercialização, importação e propaganda de dispositivos eletrônicos para fumar como os cigarros eletrônicos, também conhecidos como vape.

Apesar da proibição, o número de pessoas no Brasil que usavam cigarro eletrônico subiu de 500 mil para 2,2 milhões entre os anos de 2018 e 2022, segundo pesquisa do Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria).

A Associação Médica Brasileira aponta que os cigarros eletrônicos são extremamente nocivos à saúde e podem provocar câncer. Segundo a Associação, fumar um cigarro eletrônico, equivale a fumar 20 cigarros convencionais.

 

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem