ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 18/03/2024 - 18:48

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chamou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) de “covardão” durante a primeira reunião ministerial de 2024, realizada na manhã desta segunda-feira no Palácio do Planalto. Lula disse ainda que o Brasil correu “sério risco” de golpe e que o ex-presidente “não teve coragem de fazer aquilo que planejou”.

A reunião tinha como objetivo fazer um balanço do primeiro ano de governo e debater as estratégias para 2024. Lula fez diversos elogios à gestão dos ministros e criticou o governo anterior, afirmando que as pastas foram deixas em “escombros” pelo último governo.

“Todo mundo sabe também que ainda falta muito para a gente fazer. A gente ainda tem muito para fazer, em todas as áreas. E esse muito não é nada estranho, é tudo aquilo que nós nos comprometemos a fazer durante a disputa eleitoral que fizemos nesse país”, declarou Lula aos ministros.

O presidente também mostrou preocupação em relação ao aumento da rejeição mostrado por pesquisas de opinião divulgadas em março. O 3° governo Lula aparece com média móvel de aprovação em 50% e desaprovação em 45%. Também foram discutidas ações para reduzir os preços de alimentos básicos no país.

Leia também: Governo Lula é avaliado como péssimo por 40,6% dos anapolinos

Veja o vídeo:

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem