ANÁPOLIS GOIÁS
SÃO FRANCISCO NEWS
Atualizado em 08/06/2024 - 12:08
A reunião estava sendo transmitida ao vivo e a gravação viralizou. (Foto: Captura)

Uma mulher grávida invadiu uma sessão da Câmara Municipal de Murici (AL), nesta quinta-feira (6) para exigir que um vereador reconhecesse a paternidade da criança em gestação. A reunião estava sendo transmitida ao vivo e a gravação viralizou.

Enquanto Abimael Pessoa (PSB) discursava, a mulher anda em direção ao centro do plenário e interrompe a fala. Ela seria ex-namorada do vereador, que pediu para que o presidente da sessão, Deivinho Vasconcelos (MDB), chamasse o policiamento da Câmara para retirar a gestante, identificada como Paula.

“Liga para a polícia, por favor!”, diz o vereador. No vídeo não é possível ouvir bem o que Paula diz, mas é possível deduzir que ela desejava se pronunciar no microfone. “O regimento da Casa não permite que ninguém fale, só os vereadores”, adverte Vasconcelos. Ele aconselha Paula a falar com o parlamentar depois, em particular, mas a gestante persiste.

“Eu sempre disse para ele que viria aqui”, é possível ouvir ela dizer em um momento. “Paula, por gentileza, sente-se ali. Independentemente, você não é nenhuma criança. Você tem que esperar”, diz o vereador.

Devido à situação, Vasconcelos decide suspender a sessão. Conforme Paula, ela foi até ali como um último recurso, já que Abimael Pessoa teria bloqueado o contato com ela. A assessoria do parlamentar ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Veja o vídeo:

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem