ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE ESPECIAL
Atualizado em 14/05/2024 - 18:03

O delegado Luiz Antônio Firmino, da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, foi flagrando empurrando a voluntária Camila Borges em uma operação na cidade de Canoas. A mulher, que é servidora da Polícia Penal do estado, estava no local para resgatar animais encurralados pelas enchentes.

Nas imagens é possível ver Camila perguntando o nome do delegado, que responde e a empurra. “Parabéns, delegado!”, diz a mulher com ironia após o empurrão. Logo em seguida pessoas que estavam ao redor se colocam entre os dois e alguém grita “agressão aqui não”.

Através do Instagram, Camila afirmou que o delegado ficou nervoso após ter sido questionado sobre uma suposta escolta que estaria sendo prestada à equipe do DJ Alok, que fazia imagens na região.

“Os cidadãos estão implorando a presença da polícia nas embarcações há 9 dias, em função dos riscos enfrentados nos resgates no Bairro Mathias Velho em Canoas-RS”, escreveu Camila ao compartilhar as imagens.

Veja o vídeo:

Alok comentou a publicação e disse que contratou um serviço de escolta particular para a entrega de 12 caminhões de doações que foram de São Paulo à Porto Alegre. O artista também afirmou que não reconhece nenhuma das pessoas que aparecem no vídeo.

Em nota, a Polícia Civil do RS disse que já está ciente do acontecido e que irá apurar a conduta dos agentes que aparecem no vídeo. “A instituição policial não compactua com atitudes equivocadas de seus servidores, sejam Delegados ou agentes, e está comprometida na elucidação dos fatos, com lisura e transparência, através dos devidos trâmites legais”, afirma o documento.

Tensão

Toda esta situação ocorreu em meio a clima de tensão entre voluntários e servidores das forças de segurança no RS. Os voluntários afirmam que a ajuda do estado tem sido insuficiente e que as ações de ajuda e resgate só são possíveis graças a doações.

A estação do Bairro Mathias Velho, onde o vídeo foi gravado, tem servido como um porto para saída de barcos com doações e voluntários em uma das áreas mais afetadas pelos alagamentos na cidade.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem