ANÁPOLIS GOIÁS
SHOW DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 04/11/2022 - 15:44

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu, nesta quarta-feira (2), que manifestantes desobstruam as rodovias federais. Em vídeo divulgado nas redes sociais, ele diz que “é preciso respeitar o direito de ir e vir das pessoas” e que os protestos em rodovias prejudicam a economia do país.

O líder da República demonstrou frustração após derrota no 2° turno para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e admitiu que o resultado não era o esperado. Bolsonaro reafirmou o compromisso com a democracia ao afirmar que os bloqueios que ocorrem pelo Brasil não são a maneira correta de protestar e pediu para que as estradas do país sejam desobstruídas para manter a liberdade do cidadão de trafegar sem impedimentos.

Manter a cautela

“Nós temos que ter a cabeça no lugar”. Os protestos, as manifestações são bem-vindos, fazem parte do jogo democrático. Ao longo dos anos, muito disso foi feito pelo Brasil, na Esplanada, em Copacabana, na Paulista. Mas tem algo que não é legal: o fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, está lá na Constituição”, disse Bolsonaro. “Isso não faz parte de manifestações legítimas”, acrescentou.

De acordo com recente balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Brasil tem 16 estados com rodovias interditadas. No levantamento do fim da manhã do feriado de Finados (2), eram 15 e, em seguida, o total subiu para 17. O estado do Tocantins, até então sem ações pela manhã, registrou, até o momento, quatro interdições, causadas por manifestantes que não aceitam o resultado das eleições presidenciais.

Assista ao vídeo:

Conteúdo originalmente publicado por Agência Brasil

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem