ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE ESPECIAL
Atualizado em 17/08/2023 - 17:50

A Polícia Federal (PF) deflagrou nessa quinta-feira (17) a 14ª fase da Operação Lesa Pátria. O objetivo é identificar pessoas que participaram dos fatos ocorridos em 8 de janeiro. Nesse ínterim, terroristas invadiram e depredaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).  A corporação informou que estão sendo cumpridos dois mandatos de prisão em Goiás.

A Polícia Federal prenderá 10 pessoas e cumprirá 16 mandatos de busca e apreensão em todo Brasil. As ação vão ocorrer nos estados de Goiás, Paraíba, Paraná, Santa Catarina, Bahia e Distrito Federal.

“Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido e crimes da lei de terrorismo”, explicou a corporação, em nota.

Os alvos da operação são suspeitos de fomentar a “Festa da Selma”. Ou seja, codinome utilizado para se referir às invasões.

“O termo Festa da Selma foi utilizado para convidar e organizar transporte para as invasões. Ainda mais, de compartilhar coordenadas e instruções detalhadas para a invasão aos prédios públicos. Recomendavam ainda não levar idosos e crianças, se preparar para enfrentar a polícia e defendiam ainda termos como guerra, ocupar o Congresso e derrubar o governo constituído”.

Fonte: Agência Brasil

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem