ANÁPOLIS GOIÁS
MADRUGADA SERTANEJA
Atualizado em 19/08/2023 - 11:51

Fatos ousados marcaram mais uma operação da Polícia Civil no combate a embriaguez ao volante na madrugada deste sábado (19), em Anápolis. Em entrevista ao São Francisco News, o delegado Manoel Vanderic disse que um casal foi flagrado nu e praticando preliminares a caminho do motel. Além disso, a passageira de um dos veículos ofereceu sexo para que não prendessem o condutor do carro.

Em síntese, a Polícia Civil flagrou 32 motoristas dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. Do total, oito foram presos em flagrante. Nesse sentido, Vanderic contou que em um dos casos o motorista embriagado colidiu na viatura da Polícia Civil. O homem apresentou teor alcoólico de 0,75 mg/l. “Ele danificou bastante a parte lateral da viatura e o carro dele”, diz o delegado.

Bebidas encontradas dentro de um dos carros abordado no Jundiaí (Foto: Divulgação- DICT)
Bebidas encontradas dentro de um dos carros abordado no Jundiaí (Foto: Divulgação- DICT)

Sexo, bebida e trânsito

Ao repórter Jonathan Cavalcante, o delegado revelou ainda que não foram somente os casos costumeiros que geralmente a operação registra. Por exemplo, neste final de semana, sexo e embriaguez andaram lado a lado com a prisão de pessoas que passaram dos limites.

“Prendemos dois motoristas bêbados, uma mulher e o outro um homem, que estavam ‘lisos’ durante a abordagem e estavam indo para o motel e praticando preliminares dentro do veículo. Em outro caso, a passageira também acabou presa por desacatar os policiais e por oferecer sexo para deixar de formalizar a prisão”, afirma Manoel Vanderic.

“Esse boato de que a DICT faz campana ou insere policiais dentro de bares para seguir quem está bebendo, depois sair, não existe. A gente não tem tempo para isso”, finaliza o delegado.

Dados da Polícia Civil indicam que a embriaguez ao volante é a maior causa de morte e de invalidez permanente da população no Brasil.

Plantão Policial

 

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem