Médica alerta sobre hepatite aguda grave em crianças e explica sobre os sintomas; ouça

Nas últimas semanas, centenas de casos de hepatite aguda grave de origem desconhecida foram reportados em crianças em, ao menos 20 países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No total, a organização investiga 348 casos suspeitos. No Brasil, crianças estão sendo monitoradas pelo Ministério da Saúde (MS). Em entrevista à Rádio São Francisco, na manhã desta quarta-feira (18), a infectologista Ana Helena explicou que a hepatite aguda tem sintomas semelhantes com os tipos comuns.

De acordo com a médica, a maior parte dessas crianças apresentam exames positivos para o adenovírus, que é um tipo de vírus já conhecido, por causar doenças gastrointestinais e de vias aéreas. Ana Helena ressaltou que os principais sintomas são cansaço, fadiga, perda de apetite, febre, dores nas articulações, náuseas e vômitos.

Alerta em Goiás

Em Goiás, ainda não há registros. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) emitiu, no entanto, um comunicado de risco para acender o alerta para os sintomas e a necessidade de notificação em casos suspeitos. O que se sabe até o momento é que em aproximadamente 10% dos casos foi necessário realizar um transplante de fígado.

Ouça a entrevista completa: 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Whatsapp
Enviar mensagem