Em 2021, pipas causaram 4,5% de quedas de energia em Anápolis, segundo a Enel

Anápolis teve 4,5% de interrupções de energia causadas por pipas enroladas em fios elétricos durante todo o ano de 2021. Ao todo, foram 900 ocorrências registradas durante o ano passado em Goiás. Anápolis aparece em quinto lugar em quedas de energia causadas por pipas. Os dados são da Enel Distribuição Goiás.

De acordo com a empresa, cidades do entrono do Distrito Federal, como Luziânia, Planaltina, Valparaíso de Goiás, Novo Gama, Águas Lindas de Goiás e Cidade Ocidental lideram o ranking com a maior incidência de pipas na rede elétrica: 24,5%. Em seguida aparece a capital, Goiânia, responsável por 23% das ocorrências; Rio Verde (15,6%); Aparecida de Goiânia (6,6%) e Anápolis (4,5%).

As pipas enganchadas em fios elétricos resultaram na interrupção do fornecimento de energia para cerca de 90 mil clientes no estado. De acordo com a empresa, somente em janeiro deste ano, mais de 2 mil clientes tiveram o serviço interrompido por esse motivo.

Segundo a Enel, além do risco de rompimento dos cabos, as linhas que ficam enroscadas na rede elétrica provocam desgaste na fiação e podem ocasionar curtos-circuitos e choque elétrico.

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Whatsapp
Enviar mensagem