Em 2021, país registrou mais de 500 mil comunicações de acidente; engenheiro fala sobre a prevenção

19-metalurgica


Em entrevista à Rádio São Francisco na manhã desta quinta-feira (28), o engenheiro em Saúde e Segurança do Trabalho Alison Douglas ressaltou a importância dos cuidados no ambiente de trabalho. Em 2021, o país registrou 2,5 mil óbitos e 571,8 mil Comunicações de Acidente de Trabalho, segundo o Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho (SmartLab).

Neste 28 de abril, o Brasil celebra o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho. A data foi instituída pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas à função laboral. Desde 2003, o dia é marcado por uma campanha internacional que insiste na importância da prevenção de acidentes e doenças profissionais.

Dados

Segundo dados do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho (SmartLab), da OIT e do Ministério Público do Trabalho (MPT), o país registrou 2,5 mil óbitos e 571,8 mil Comunicações de Acidente de Trabalho (CATs) em 2021. Os números representam um acréscimo de 30% em relação ao ano anterior. Entre 2012 e 2021, foram registradas 22,9 mil mortes e 6,2 milhões de CATs no mercado formal de trabalho brasileiro.

À São Francisco, o engenheiro Alison Douglas também falou dos direitos e medidas que as empresas devem ter para desenvolver para a segurança e saúde no trabalho de cada colaborador e reverter esses dados.

Ouça a entrevista completa

Foto: Victória Hellem

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Whatsapp
Enviar mensagem