ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 08/05/2023 - 12:04

Duas pessoas morreram por complicações da gripe, em Anápolis. A informação foi confirmada pela diretora de Vigilância Epidemiológica, Mirlene Garcia, em entrevista exclusiva ao programa Bate Rebate da Rádio São Francisco FM na manhã desta segunda-feira (8).

No estado de Goiás, até o momento, 18 pessoas morreram por consequências do vírus influenza. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO).

“Os dois óbitos registrados em Anápolis foram por consequência do vírus influenza tipo B, da linhagem Victoria. A população deve estar em alerta, pois também identificamos várias internações de pacientes por complicações desse mesmo vírus”, diz Mirlene Garcia.

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) ainda não divulgou a idade e sexo das vítimas.

Sobre a vacinação

Durante a 25ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, a meta da Semusa é vacinar 141.728 pessoas. No último sábado (6), Dia D de vacinação, 12.723 pessoas procuraram os postos de saúde do município para se imunizarem.

A vacina contra a gripe está disponível até 31 de maio. Nesse sentido, para facilitar o acesso ao público anapolino, das 39 unidades de saúde, três funcionam até as 18h e oito até as 21h (veja a lista).

“Precisamos nos antecipar nesse período da circulação do vírus procurando as unidades de saúde para se vacinar contra a gripe”, finaliza a diretora Mirlene Garcia.

O imunizante está liberado para todas as pessoas a partir de seis meses de idade. Portanto, Anápolis acompanha decisão do governo de Goiás, tomada em virtude do aumento de casos no Estado, internações e óbitos.

Saiba mais:

Prefeitura inicia vacinação contra a gripe em Anápolis; saiba locais e quem poderá tomar o imunizante

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem