ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE ESPECIAL
Atualizado em 19/12/2022 - 13:59

Quatro caças F-39 Gripen começaram a operar na Base Aérea de Anápolis (BAAN), nesta segunda-feira (19). Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB) as aeronaves foram compradas em 2014 e vão fazer parte do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA) como principais caças de defesa aérea no país.

Antes de pousar em Goiás, os modelos passaram por um período de testes em São Paulo, de onde decolaram. De acordo com a FAB, os caças Gripen representam um salto tecnológico, com possibilidade de lançar mísseis e bombas inteligentes, que acertam alvos fora do alcance visual do piloto.

Foram adquiridas 36 unidades com a empresa sueca Saab por R$ 20 bilhões. Cinco foram entregues para a FAB e o restante tem previsão de entrega para 2027. Um modelo Gripen E foi entregue em 2020 e, desde então, faz ensaios de voo em Gavião Peixoto, em São Paulo.

Detalhes das aeronaves

As aeronaves têm 4,5 metros de altura, 14 metros de comprimento e podem chegar a 2.400 km/h. De acordo com a ficha técnica da Saab, no Gripen o tempo para reabastecer, rearmar e fazer uma inspeção técnica para uma missão de defesa aérea é de 10 minutos.

A disponibilidade do Gripen para voos é um dos diferenciais em relação a outros modelos, são projetado para ter intervalos de inspeções de 2,5 horas a cada 7,6 horas voadas.

 

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem