Anápolis realiza mutirão de limpeza em bairros da cidade a partir de 15 de fevereiro

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento de Anápolis, intensifica, a partir de 15 de fevereiro, as ações de limpeza na cidade. O serviço de roçagem será feito em terrenos vazios, em lotes privado e áreas públicas. Os trabalhos serão realizados em mais de 60 bairros.

Para solicitar o serviço de roçagem, basta acessar o aplicativo +Anápolis, da Prefeitura de Anápolis, ou entrar em contato pelo 156.

Ao todo, 13 equipes são responsáveis pela limpeza. São oito na roçagem manual e um trator de pequeno porte, que ficam por conta de canteiros centrais, avenidas, prédios públicos, Centros Municipais de Educação Infantil e escolas. Nove tratores foram destinados aos bairros e cinco equipes farão o trabalho em praças e parques.

“De acordo com o código de postura, a capina e roçagem de calçadas e lotes abertos que parecem abandonados é de responsabilidade do proprietário”, explica o diretor de limpeza urbana, Yan de Castro.

Segundo Yan, a obrigação do órgão é cuidar das áreas públicas, praças, canteiros, avenidas e órgãos públicos. “Fazemos a manutenção dos particulares pela inércia do proprietário, que fica sujeito à cobrança por metro quadrado. Não é bem uma multa, é uma cobrança de capina e roçagem que vai lançada na inscrição imobiliária”, explica Yan.

“No caso de um lote aberto de 300 metros, é cobrado R$ 0,51 pelo metro quadrado. Esse valor também é estipulado no Código Tributário, aprovado na Câmara Municipal”, disse.

 

 

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Whatsapp
Enviar mensagem