ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Eleitores responderam em quem não votariam de jeito nenhum (Foto: Reprodução)

A rejeição à pré-candidatura de Antônio Gomide (PT) caiu de 20,97% para 18,75% na segunda rodada da pesquisa sobre as eleições em Anápolis realizada pelo Instituto Voga e encomendada pela Rádio São Francisco FM. O novo levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (3).

José de Lima (PMB) aparece com 6,50% de rejeição. Outros três surgem na lista: 6,38% desconsideram votar em Eerizania Freitas (UB); 5,25% rejeitam Márcio Corrêa (PL) e 1,88% desaprovam Kim Abrahão (PSD).

O Instituto Voga entrevistou 800 eleitores anapolinos, em diferentes regiões da cidade, entre os dias 27 e 30 de maio. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás com o número GO-05361/2024. O levantamento tem grau de confiança de 95% e a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Confira os resultados da segunda rodada de pesquisas:

Foram citados, ainda, Hélio Lopes (PSDB), com 1,88% de rejeição; Mariane Stival (PDT), com 1,5%; Eugênio Lourenço Dias (PSOL), com 0,88%. Os eleitores entrevistados que não rejeitam nenhum, não souberam ou não quiseram responder somam 45,88%.

Números da primeira pesquisa

A primeira rodada de pesquisas do Instituto Voga foi divulgada no dia 3 de março de 2024. 20,97% dos entrevistados disseram que, se as eleições fossem hoje, não votariam em Antônio Gomide (PT) de jeito nenhum.

O segundo mais rejeitado, na época, foi o ex-prefeito de Anápolis Pedro Sahium (PDT), com 8,57%.

Leia também:

Eleições 2024: Antônio Gomide segue na liderança em Anápolis seguido por Márcio Corrêa, aponta Instituto Voga e Rádio São Francisco FM

 

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem