ANÁPOLIS GOIÁS
SHOW DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 22/06/2024 - 9:07
Operação começou a partir das denúncias e vídeos das manobras perigosas recebidas pela PRF (Foto: Captura)

Nesta quinta-feira (20), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma BMW, avaliada em cerca de R$ 400 mil, flagrada por câmeras de segurança realizando manobras perigosas na BR-060, no perímetro urbano de Anápolis no último dia 8 de junho. O condutor, de 24 anos e inabilitado, também apresentava pendências administrativas no histórico do veículo.

O Policial Rodoviário Federal, Luciano Clemente, chefe da 2ª Delegacia da PRF em Anápolis, concedeu entrevista nesta sexta-feira (21) ao jornalista Jonathan Cavalcante, da Rádio São Francisco FM. Clemente forneceu detalhes sobre o caso. Segundo ele, a operação começou a partir das denúncias e vídeos recebidos pela PRF.

“No dia 8 de junho, recebemos vídeos de um veículo fazendo manobras perigosas que expõem em risco todos os usuários da rodovia. A partir dessas informações, as equipes da PRF fizeram diligências para identificar o veículo.”

A apreensão ocorreu na Praça de Pedágio em Goianápolis, localizada na BR-060, após a PRF identificar o carro envolvido nas manobras radicais.

Veja o vídeo:

Caso será investigado pelo delegado Manoel Vanderic

Na entrevista, Luciano Clemente detalhou a abordagem: “Conseguimos abordar o veículo no pedágio próximo a Goianápolis e verificamos que ele possuía pendências no licenciamento, constando como 2022. Recolhemos o veículo ao nosso pátio e apresentamos a ocorrência na Delegacia de Trânsito com o delegado Manoel Vanderic”, afirma Clemente.

O condutor poderá enfrentar sérias consequências legais. “Esse condutor vai responder por um crime pesado. Só a questão do artigo 308 já é um crime com pena máxima de três anos. É importante lembrar que esse tipo de manobra deve ser feito em locais específicos, como autódromos, não em vias públicas com várias pessoas e veículos transitando,” alertou Luciano Clemente.

A PRF aguarda que o proprietário do veículo se apresente à Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito em Anápolis, onde poderá responder pelas manobras perigosas praticadas.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem