ANÁPOLIS GOIÁS
CONEXÃO SERTANEJA
Atualizado em 28/02/2024 - 18:24
Operação Lumière cumpriu 30 mandados judiciais e bloqueio de R$ 115 milhões por fraudes no ICMS (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Goiás investiga o esquema de um grupo empresarial do ramo de indústria e comércio de produtos elétricos e de iluminação. Por esse motivo foi deflagrada a Operação Lumière nesta terça-feira (27). A ação cumpriu 23 mandados de busca e apreensão, 07 mandados de prisão temporária e bloqueio judicial de bens e valores no montante de R$ 115 milhões. A operação passou por Anápolis, Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Goianira.

A investigação apura esquema de um grupo empresarial do ramo de indústria e comércio de produtos elétricos e de iluminação no sentido de apontar possíveis infrações tributárias praticadas pelas empresas. Os nomes das empresas envolvidas no esquema não foram divulgados.

De acordo com a Polícia Civil, existem indícios de vínculos e envolvimento das pessoas jurídicas com a Operação Curto Circuito, promovida pelo Ministério Público, no ano de 2013, pairando suspeitas de continuidade da fraude denunciada.

Investigação apura esquema de um grupo empresarial do ramo de indústria e comércio de produtos elétricos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Esquema envolve grupo empresarial do ramo de indústria e comércio de produtos elétricos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Então, conforme apurado pela Polícia Civil o grupo empresarial, utilizava-se de pessoas “laranjas” para ocultação dos reais proprietários e patrimônio do grupo. Além disso o grupo teria suprimido ICMS devido em razão de operações comerciais em valores superiores a R$ 115 milhões.

Plantão Policial

Em primeira mão o Plantão Policial da 97.7 FM trouxe as primeiras informações da Operação Lumière na manhã desta terça-feira (27). Ouça:

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem