ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 26/06/2024 - 11:53
Igor Viana, de 24 anos, causou indignação após compartilhar vídeos debochando da própria filha (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Igor Viana, de 24 anos, causou indignação após compartilhar vídeos debochando da própria filha (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O influenciador Igor Viana, de 24 anos, popularmente conhecido como “pai da Soso” nas redes sociais, está no centro de uma grande polêmica em Anápolis (GO). Acusado de desviar dinheiro de doações destinadas à sua filha Sofia, que sofre de paralisia cerebral, o influenciador é alvo de diversas investigações e críticas por seu comportamento nas redes.

Com mais de 66 mil seguidores, Igor se apresenta como um “servo do Deus vivo” e frequentemente compartilha a rotina com sua filha. Em sua biografia no Instagram, ele escreveu: “Deus dá crianças especiais para pais especiais”. No entanto, após o início das investigações, ele fechou seu perfil.

Vídeos polêmicos e acusações

A polêmica se intensificou com a divulgação de um vídeo onde Igor humilha sua filha, chamando-a de “criança inútil do caralh*”. Além disso, ele tem se desentendido publicamente com a mãe de Sofia, Ana de Satie, também influenciadora digital e sua ex-companheira. A relação conturbada entre os dois tem alimentado ainda mais a controvérsia.

O influenciador está sendo investigado pela Polícia Civil por crimes de estelionato, constrangimento de menor, discriminação à pessoa com deficiência e apropriação de bens proventos de pessoa com deficiência.

As primeiras denúncias foram feitas no último dia 19 de junho, na delegacia de Anápolis, e envolvem alegações de maus-tratos à filha, conforme informou a delegada Aline Lopes Cardoso.

Igor Viana mostrou que não está se importando com a opinião das pessoas (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Igor Viana mostrou que não está se importando com a opinião das pessoas (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Fonte de renda e estilo de vida

Segundo a investigação, Igor e Ana têm como principal fonte de renda as doações destinadas ao tratamento de Sofia. Entretanto, há suspeitas de que o dinheiro tenha sido desviado para fins pessoais. Ana de Satie, por exemplo, teria realizado uma cirurgia plástica com parte do dinheiro das doações.

Em nota, a defesa de Ana Vitória disse que ela é inocente, mas que por se tratar de inquérito policial que tramita sob sigilo, a defesa e os envolvidos estão impedidos de prestar informações mais detalhadas sobre a investigação.

O Conselho Tutelar de Anápolis proibiu Igor de mostrar sua filha nas redes sociais. Em resposta, Igor afirmou que continuaria a exibir a menina em um programa de assinatura. Posteriormente, o Conselho Tutelar retirou Igor dos cuidados de Sofia, que foi levada à casa da avó paterna. Igor debochou da decisão, segundo a delegada Aline Lopes.

Declarações polêmicas

Áudios obtidos pela Polícia Civil de Goiás revelam declarações chocantes de Igor Viana. Em um dos áudios, ele chama seus seguidores de “trouxas” e afirma: “Eu não considero que eu desviei o dinheiro, até porque as pessoas mandavam para minha conta, né? A minha filha não tem Pix. Se eles foram trouxas, a culpa não é minha”.

Igor também declarou que não se sentia obrigado a usar o dinheiro das doações exclusivamente para sua filha. “Eu também tenho necessidades a serem supridas, cara. Eu também sou um ser humano, saca? As pessoas falam como se: ‘Ah, você tem uma filha deficiente, você não é um ser humano, você não transa, você não faz mais nada’.”

Outros áudios revelam ainda mais o desprezo de Igor pela situação de Sofia. Em um deles, ele diz querer “largar na porta do orfanato” e reclama: “Arrumei tanto problema por causa dessa menina, já gastei tanto dinheiro e ainda é gente enchendo meu saco na internet”.

“Eu não imaginava que uma criança que tem 10% do cérebro funcionando fosse tão chata e pudesse me dar tanto problema, ‘véi’. A vontade, às vezes, é de largar na porta do orfanato e deixar alguém tomar conta”, afirmou Igor Viana.

Próximos passos

As investigações continuam, e a comunidade de Anápolis espera por justiça. O caso do influenciador é um lembrete das responsabilidades que vêm com a exposição nas redes sociais, especialmente quando envolve doações e o bem-estar de crianças vulneráveis.

O que diz a defesa de Igor Viana

A defesa do Sr. Igor de Oliveira Viana, vêm por meio desta esclarecer que o ele está à disposição da Autoridade Policial, inclusive os advogados já estão devidamente habilitados no inquérito com data marcada para sua apresentação espontânea junto a delegacia de proteção à criança e adolescente – DPCA da Cidade de Anápolis/GO, para prestar todos os esclarecimentos que o caso requer, cooperando com toda investigação.

Informamos ainda que para proteção da integridade da menor, bem como por se tratar de inquérito policial que tramita sob sigilo, a defesa e os envolvidos estão impedidos de prestar informações mais detalhadas sobre a investigação; ressaltando que todas as provas necessárias a elucidação dos fatos serão fornecidas a autoridade Policial que preside o inquérito.

Por fim, a defesa informa que está convicta que ao final das investigações o caso será esclarecido a sociedade, sendo que o investigado provará sua inocência através de provas testemunhais e documentais.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem