ANÁPOLIS GOIÁS
Atualizado em 16/01/2023 - 11:07

Luiz Paulo Silva Araujo, de 35 anos, investigado por homicídios, morreu após confronto com a Polícia Militar (PM), em Anápolis. De acordo com a Companhia de Policiamento Especializado (CPE), o autor era membro de facção criminosa e estava armado com uma pistola com kit rajada. A troca de tiros aconteceu na noite de domingo (15) na região da Vila Norte.

À Rádio São Francisco, o comandante da CPE, Major Fabrício Costa, afirma que a PM recebeu informações de que “indivíduos estariam se organizando” para matar rivais de outras facções. Segundo a denúncia, os criminosos fugiriam de moto para Pirenópolis após praticarem os crimes em Anápolis.

“Na tentativa de abordagem, um dos ocupantes da motocicleta atirou contra os policiais e houve o revide. O outro envolvido conseguiu fugir e é procurado. Nenhum policial da CPE saiu ferido após o confronto”, diz Fabrício Costa, em entrevista ao repórter Jonathan Cavalcante.

O autor foi socorrido mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Estadual de Urgências – Dr. Henrique Santillo (HEANA). De acordo com a PM, Luiz Paulo Silva Araujo estava foragido por roubo e homicídio. Ele também possuía antecedentes por tráfico, uso de drogas, receptação e homicídio. 

Detalhes do confronto

Ouça o resumo das principais ocorrências e os detalhes do confronto na edição do Plantão Policial divulgado nesta segunda-feira (16):

 Saiba mais:

Saiba o histórico do criminoso que morreu após troca de tiros com a CPE em Anápolis 

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem