ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 04/05/2024 - 13:16
Avenidas na área central de Porto Alegre estão alagadas. (Foto: Captura)
Avenidas na área central de Porto Alegre estão alagadas. (Foto: Captura)

Imagens inéditas mostram alagamentos em Porto Alegre, capital do Rio Grande Sul. O Rio Guaíba, que atravessa a cidade, atingiu na noite desta sexta-feira (3), o maior nível já registrado, com 4,77 metros.

A Defesa Civil de Porto Alegre emitiu um alerta de inundação extrema, e pediu que a população evite todas regiões próximas ao rio, pelo menos pelas próximas 24 horas.

O governo federal decidiu interditar o trânsito nas duas pontes que atravessam o Rio Guaíba. O aeroporto Internacional Salgado Filho suspendeu os voos por tempo indeterminado.

A capital gaúcha possui represas e estruturas de contenção de água que impedem danos ainda mais graves, mas estes estão sob risco de rompimento devido ao volume das chuvas.

Veja o vídeo:

Calamidade pública

Fortes chuvas atingem 235 dos 496 municípios do Rio Grande do Sul. Já foram registradas 39 mortes, 68 desaparecimentos e 74 pessoas feridas. Segundo a Defesa Civil, 23.598 pessoas estão desalojadas e outras 7.949 estão em abrigos. Ao todo se estima que 351.639 mil pessoas tenham sido afetadas pelas enchentes. A estimativa é de que estes números aumentem.

As chuvas provocaram alagamentos, falta de energia, bloqueio de rodovias federais e estaduais, deslizamentos de terra, aumento no nível de rios e queda de árvores, postes e pontes em todo o estado.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem