ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 09/07/2024 - 17:59
O homem chegou até mesmo a admitir em conversas em aplicativos de mensagem que havia estuprado a filha mais de uma vez. (Foto: Divulgação / PCGO)
O homem chegou até mesmo a admitir em conversas em aplicativos de mensagem que havia estuprado a filha mais de uma vez. (Foto: Divulgação / PCGO)

Um homem de 39 anos foi preso nesta terça-feira (9) em Aparecida de Goiânia por abusar sexualmente da própria filha, de 9 anos. Ele ainda conversava com vários homens pela internet e oferecia a criança para ser abusada, desde que ele pudesse assistir.

Conforme a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) da Polícia Civil de Goiás (PCGO), responsável pela prisão, o abusador mantinha imagens de exploração sexual infantil e chegou até mesmo a admitir em conversas em aplicativos de mensagem que havia estuprado a filha.

Em uma das conversas, pelo WhatsApp, o pai e um outro abusador se referem à criança como “nossa filha” e um deles pergunta como a menina reagiu às violências

(Foto: Divulgação / PCGO)

O abusador foi preso em flagrante por manter imagens de pornografia infantil. A polícia investiga se os crimes de violência sexual cometidos por outros homens de fato aconteceram. As apurações seguem em sigilo.

Veja o vídeo do momento da prisão:

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem