ANÁPOLIS GOIÁS
CONEXÃO SERTANEJA
Atualizado em 07/03/2022 - 12:55
Aedes aegypti é responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya (Foto: Reprodução)

É preocupante o cenário epidemiológico em Anápolis. Nos primeiros meses de 2022, três crianças morreram com suspeita de dengue. A informação foi confirmada pela gerente de endemias, Patrícia Godói, em entrevista ao jornalista Jonathan Cavalcante da Rádio São Francisco FM.

“De cada cinco locais que visitamos, em quatro encontramos focos do mosquito. Precisamos que a população se conscientize do seu papel”, ressalta Patrícia.

Os bairros com maior incidência de casos também foram divulgados. As mortes por dengue estão sendo investigadas.

Confira a entrevista na íntegra:

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem