ANÁPOLIS GOIÁS
MADRUGADA SERTANEJA
Atualizado em 28/11/2023 - 18:37

Equipes de resgate retiraram nesta terça-feira (28) todos os 41 trabalhadores que estavam presos há 17 dias após o desabamento de um túnel em Uttarakhand, região da cordilheira do Himalaia. O resgate foi realizado através de um tubo de 90 cm de diâmetro, usando macas.

A equipe trabalhava em um túnel rodoviário da rodovia Char Dham no último domingo (12), quando cerca de 200 metros da obra desabaram. Desde então, eles ficaram confinados no interior da montanha. O Departamento de Informações e Relações Públicas (DIPR) de Uttarakhand informou que um túnel de 1,5 metros de diâmetro foi usado para fornecer comida e água aos trabalhadores.

O primeiro dos trabalhadores a ser resgatado foi enfeito com flores e recebido com festa por autoridades e moradores. Todos os homens foram levados de ambulância até hospital mais próximo, a 30 quilômetros.

Em imagens capturadas no dia 21, os homens parecem exaustos e ansiosos. Um membro da força de resgate pede para os trabalhadores confirmarem as identidades. “Vamos trazê-los com segurança, não se preocupem”, tranquiliza o socorrista. O DIPR afirmou que as pessoas presas no túnel não correm risco de vida. No entanto, as tentativas de resgate com escavadeiras estão sendo dificultadas pela instabilidade do solo e por problemas técnicos nas máquinas.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem