ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 21/11/2023 - 10:54

O governo indiano divulgou, nesta terça-feira (21), as primeiras imagens de um grupo de 41 trabalhadores que ficou preso após o desabamento de um túnel em Uttarakhand, região da cordilheira do Himalaia. As imagens foram obtidas através de uma câmera endoscópica, semelhante à usada em procedimentos cirúrgicos. O vídeo não tem boa resolução, mas é possível ver os homens, iluminados pelas lanternas dos capacetes. O grupo está preso no subterrâneo há 10 dias.

A equipe trabalhava em um túnel rodoviário no último domingo (12), quando cerca de 200 metros da obra desabaram. Desde então, eles estão presos no interior da montanha. O Departamento de Informações e Relações Públicas (DIPR) de Uttarakhand informou que um tubo de 1,5 metros de diâmetro está sendo usado para fornecer comida e água aos trabalhadores.

Confira o vídeo:

Os homens parecem exaustos e ansiosos. A  voz no vídeo é de um membro da força de resgate, que pede para os trabalhadores confirmarem as identidades. “Vamos trazê-los com segurança, não se preocupem”, tranquiliza o socorrista. O DIPR afirmou que as pessoas presas no túnel não correm risco de vida. No entanto, as tentativas de resgate com escavadeiras estão sendo dificultadas pela instabilidade do solo e por problemas técnicos nas máquinas.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem