ANÁPOLIS GOIÁS
SHOW DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 09/03/2024 - 10:14
Objetivo da nova norma é garantir mais eficiência e praticidade na cobrança das tarifas(Foto: Reprodução / Triunfo Concebra)
Objetivo da nova norma é garantir mais eficiência e praticidade na cobrança das tarifas(Foto: Reprodução / Triunfo Concebra)

O Ministério dos Transportes determinou nesta sexta-feira (8) que as empresas concessionárias que cobram pedágio em rodovias federais serão obrigadas a aceitar pagamento por PIX ou cartão de débito e crédito.

A decisão inclui os pedágios nas BRs 153 e 060, sob controle da Triunfo Concebra e Ecovias do Araguaia, respectivamente.

A medida publicada em uma portaria do Ministério dá 90 dias para que as empresas se adequem. Conforme o texto, o objetivo da nova norma é garantir mais eficiência e praticidade na cobrança das tarifas.

De acordo com o documento, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) será responsável por definir quantas cabines, no mínimo, deverão aceitar PIX ou cartão em cada praça de pedágio.

Assim, o texto indica que as empresas concessionárias não terão que disponibilizar estas formas de pagamento em todas as cabines.

A praça de pedágio da Triunfo Concebra de Goianápolis (entre Anápolis e Goiânia) na BR-153, é alvo de grande reclamação de vários condutores. Procurada pela Rádio São Francisco, a Triunfo Concebra informou que as formas de pagamento aceitas atualmente são: dinheiro, TAG de passagem automática, vale pedágio e cartão de débito.

Leia também:

Até quando? motoristas sofrem com rodovias administradas pela Triunfo Concebra e cobram políticos que representam Anápolis e Goiás

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem