ANÁPOLIS GOIÁS
SHOW DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 27/01/2024 - 9:20
Órgão investiga falta de informações em registros de óbito (Foto: Reprodução / MPRJ)
Órgão investiga falta de informações em registros de óbito (Foto: Reprodução / MPRJ)

A morte de pelo menos 15 pacientes do Hospital Santa Mônica, em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, no primeiro semestre de 2023, está sob investigação do Ministério Público do estado.

O MP apontou ausência de dados em uma das comunicações de óbito e verificou que há registro de situações em que os pacientes foram transferidos para o hospital psiquiátrico e morreram na sequência. Também vão ser apuradas outras mortes ocorridas imediatamente após transferências de pacientes do hospital psiquiátrico para unidades de saúde.

“Essa é uma investigação que se iniciou a partir do trabalho desenvolvido pela força tarefa de desinstitucionalização de pacientes adultos psiquiátricos. Foi apurada a ocorrência de mais de 15 óbitos sem a devida responsabilização, sem a devida apuração de responsabilidade”, diz o promotor de Justiça Bruno Rinaldi sobre a investigação.

O Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRJ, moveu um ofício contra o Hospital Santa Mônica e a coordenação de Saúde Mental do Município de Petrópolis.

A prefeitura informou em nota que o hospital psiquiátrico está sendo gradualmente fechado desde 2022 e que  todos os pacientes psiquiátricos serão transferidos. O Hospital Santa Mônica não se pronunciou

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem