ANÁPOLIS GOIÁS
FESTA DA MUSICA
Atualizado em 11/12/2023 - 18:29

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu preventivamente nesta segunda-feira (11) três pessoas suspeitas pelos crimes de integrar organização criminosa, estelionato, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos públicos, para cometer fraudes bancárias. Os mandados, na Operação Fake ID, foram cumpridos nas cidades de Anápolis, Aparecida de Goiânia, Planaltina de Goiás, e Sobradinho (DF). Após os procedimentos legais, os presos foram recolhidos à carceragem da PCDF.

A prisão se deu através da Coordenação de Repressão aos Crimes contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf). A Operação Fake ID tem o objetivo de cumprir cinco mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão.

Além de policiais da Corf, a operação contou com o apoio de policiais de outras unidades do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e da Divisão de Operações Especiais (DOE).

A investigação teve início há cerca de um ano e tem como objetivo reprimir a atuação de uma organização criminosa especializada nos mais diversos tipos de fraudes bancárias, em diversos estados do país. Ao todo 60 policiais participaram da Operação Fake ID.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem