ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 01/07/2024 - 12:19
Mulher foi detida e levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Foto: Reprodução/4º BPM)
Mulher foi detida e levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Foto: Reprodução/4º BPM)

Uma mulher com uma lesão na cabeça foi detida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Alair Mafra Andrade, localizada no Setor Vila Esperança em Anápolis, após desacatar uma funcionária ao exigir um transporte exclusivo para casa. Policiais do 4° Batalhão da Polícia Militar (BPM) foram acionados após a denúncia. A confusão ocorreu no último sábado (29).

A vítima, uma funcionária da UPA, relatou aos PMs que a mulher chegou ao local com uma lesão na cabeça. Após ser tratada e medicada, a paciente recebeu alta médica. No entanto, ao ser informada de que estava liberada para ir embora, a mulher começou a exigir que a unidade providenciasse um transporte exclusivo para levá-la para casa.

A negativa da funcionária em atender ao pedido da mulher desencadeou uma série de xingamentos e insultos. Então, a situação ficou fora de controle, levando a funcionária a acionar a polícia. Desse modo, quando a equipe do 4° BPM chegou ao local, a mulher foi detida e conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos.

Como resultado, a autora do desacato responderá um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de desacato contra funcionário público, conforme previsto no Código Penal.

Ocorrências Policiais

Ouça o resumo das principais Ocorrências Policiais registradas no último final de semana em Anápolis. Além disso, confira detalhes exclusivos do caso que envolve um homem encontrado morto dentro do carro e de um rapaz que foi baleado ao tentar comprar cocaína em Alexânia.

Leia também:

VÍDEO: Cansada de esperar por atendimento, mulher entra com moto em UPA para acordar médicos

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem