ANÁPOLIS GOIÁS
MANHÃ DA SÃO FRANCISCO
Atualizado em 27/06/2024 - 16:43
Juan Pablo Alves Leal da Conceição, vítima do homicídio praticado pelo adolescente de 17 anos (Foto: Reprodução)
Juan Pablo Alves Leal da Conceição, vítima do homicídio praticado pelo adolescente de 17 anos (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, apreendeu um adolescente de 17 anos, identificado como I.C.S.F., responsável pelos crimes que resultaram na morte de Juan Pablo Alves Leal da Conceição (foto), de 21 anos, e deixaram Lucas da Silva Vaz, de 19 anos, ferido. O menor foi apreendido no dia 25 de junho de 2024.

O crime ocorreu no dia 11 de junho na Rua Ipameri, Vila Jaiara. Juan Pablo estava na porta de sua casa, acompanhado de seu cunhado Lucas, quando uma motocicleta se aproximou. O veículo era conduzido por um piloto não identificado, enquanto o menor estava na garupa.

O motivo do confronto foi uma dívida de R$ 400,00 que Juan Pablo devia ao menor. Após uma breve discussão, o adolescente deixou o local, mas retornou minutos depois e efetuou vários disparos de arma de fogo contra Juan Pablo, fugindo em seguida.

Juan Pablo foi atingido por três disparos e Lucas, que estava ao lado, foi alvejado uma vez. Ambos foram socorridos e encaminhados ao hospital. Juan Pablo faleceu em decorrência dos ferimentos no dia 13 de junho, enquanto Lucas, atingido na coluna, permanece em tratamento e corre o risco de ficar paraplégico.

Desavença entre os envolvidos começou durante uma viagem, diz delegado

Em entrevista concedida ao repórter Jonathan Cavalcante, o delegado Vander Coelho, titular do GIH, destacou a importância da elucidação do caso e da apreensão do adolescente. Segundo o delegado, o crime inicialmente foi tratado como tentativa de homicídio, mas com a morte de Juan Pablo, a investigação foi transferida para a unidade especializada.

“Esse crime foi praticado na região da Vila Jaiara e inicialmente foi tratado como tentativa de homicídio, uma vez que as duas vítimas foram socorridas e levadas ao hospital. Com o falecimento de Juan Pablo, o caso foi direcionado para nossa unidade”, explicou o delegado Vander Coelho.

O delegado explicou que a desavença entre os envolvidos começou durante uma viagem ao Lago Corumbá 4, em Abadiânia, onde o menor pagou as despesas do passeio, esperando o reembolso de cada participante no valor de R$ 400,00. Juan Pablo não cumpriu com o pagamento, gerando uma série de cobranças e ameaças.

“O que se percebe é que já não era mais pela dívida em si, mas pelo desaforo”, afirmou o delegado. “Esse menor foi armado ao local, dizendo que já havia sido ameaçado. No entanto, evidências mostram que ele tinha a intenção de cometer o crime, já que a motocicleta usada tinha a placa adulterada com fita isolante.”

O menor apreendido tem um histórico de envolvimento em outros atos infracionais, incluindo disparo de arma de fogo, ameaça e furtos, sendo um conhecido da Polícia Civil.

Continuação das Investigações

A Polícia Civil continua investigando para identificar o piloto da motocicleta utilizada no crime. “Nós já temos algumas informações importantes e esperamos concluir o inquérito em breve”, disse o delegado Vander Coelho.

Ocorrências Policiais

Ouça a entrevista com o delegado que detalha a apreensão do adolescente. O conteúdo está disponível nas Ocorrências Policiais divulgadas nesta quinta-feira (27):

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem