ANÁPOLIS GOIÁS
Atualizado em 25/03/2024 - 13:01

Cães e gatos acima de três meses de idade contam agora com três postos fixos para receber a vacinação contra a raiva em Anápolis. São eles: Centro de Controle de Zoonoses, Clínica Veterinária da Faculdade UniEvangélica e Clínica Veterinária da Faculdade Anhanguera.

Postos fixos para vacinação antirrábica:

  • Centro de Controle de Zoonoses: segunda a sexta-feira das 8h às 16h.
  • Clínica Veterinária da UniEvangélica: segunda a quinta-feira das 13h30 às 17h30.
  • Clínica Veterinária da Faculdade Anhanguera: segunda a sexta-feira das 9h às 18h.

A vacina antirrábica não tem restrição para fêmeas prenhas nem animais idosos. Conforme o Ministério da Saúde, a raiva é uma doença infecciosa viral aguda grave, que acomete mamíferos, inclusive o ser humano, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de quase 100%.

A doença raiva pode ser transmitida ao ser humano por meio da mordida, aranhão ou lambida de animais contaminados. Vacas, cavalos e porcos também podem transmitir raiva, assim como animais silvestres, como macacos e morcegos.

Como identificar animais com raiva

Animais contaminados com o vírus da raiva apresentam salivação espessa e excessiva, agressividade, autoataque, reclusão em locais escuros, cansaço, aversão à água, paralisia, falta de apetite e dilatação das pupilas. Cães e gatos infectados devem ser isolados de quaisquer outros animais e pessoas, a raiva canina e felina também é incurável, nestas situações a eutanásia é indicada pelos veterinários.

Caso tenha tido contato com um animal com estes sintomas, procure ajuda médica o mais rápido possível. Se aplicada com urgência, a vacina contra a raiva pode evitar a infecção mesmo se a pessoa já tiver sido mordida por um animal contaminado. O ferimento deve ser lavado abundantemente com água e sabão.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem