ANÁPOLIS GOIÁS
SUPER NOITE
Atualizado em 24/01/2023 - 11:10
Dono de lanchonete foi preso pela Polícia Civil no Mercado Municipal de Anápolis (Foto: Divulgação-DEAM)

A reportagem da Rádio São Francisco revelou, nas Ocorrências Policiais desta terça-feira (24), o nome do empresário preso, de 43 anos, suspeito de importunar sexualmente quatro funcionárias, e que ele tem uma lanchonete e um empório no Mercado Municipal, em Anápolis. O homem nega as acusações e o caso segue em investigação.

Em entrevista, a delegada Isabella Joy diz que as funcionárias relataram ter sofrido queimaduras no local de trabalho. “O patrão também utilizava panelas quentes para agredi-las. Nesse contexto, elas procuraram a delegacia e registraram a ocorrência”, disse a titular da Delegacia da Mulher (DEAM) ao repórter Jonathan Cavalcante.

“[Elas relataram] que o dono aproveitava quando elas estavam trabalhando e passava a mão nas partes íntimas delas, as ‘encoxava’”, detalhou a delegada, acrescentando que o crime acontecia de forma rotineira.

A delegada não descarta a possibilidade de outras vítimas procurarem a polícia para relatar eventuais abusos praticados pelo mesmo empresário.

Segundo a Polícia Civil, o dono de lanchonete também é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) por estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos.

Plantão Policial

O nome do suspeito foi revelado no Plantão Policial, divulgado na manhã desta terça-feira (24). Ouça!

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem