ANÁPOLIS GOIÁS
VIGÍLIA FRANCISCANA
Atualizado em 16/02/2023 - 10:25

O Anápolis empatou com o Grêmio Anápolis em 1 a 1  na noite desta quinta-feira (15), no Estádio Jonas Duarte, pela 11ª e última rodada, da 1ª fase do Campeonato Goiano. O resultado garantiu a classificação do Galo para as quartas de final e o rebaixamento da Raposa para a Divisão de Acesso 2024. As oito equipes restantes tiveram os adversários definidos, porém ainda não foi divulgada a tabela detalhada com datas, horários e locais dos confrontos.

Na próxima fase, o time treinado por Luiz Carlos Winck, que fechou o turno na sexta posição com 15 pontos ganhos, enfrenta o Vila Nova em casa, pelo jogo de ida, na próxima terça-feira (21). O horário ainda não foi confirmado pela Federação Goiana de Futebol (FGF). Também sem data definida, a volta será no Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia.

Já o alviceleste de Glauber Ramos, por sua vez, fechou a participação em 11° lugar com sete pontos, caiu pela terceira vez na história e quebrou a estabilidade de seis anos na primeira divisão. A equipe já havia sofrido o descenso em 2006 e 2015.

Primeiro tempo

Os primeiros 45 minutos foram de disputa intensa em ambos lados. O GEA precisava do resultado para se manter vivo no Goianão, porém o time da Boa Vista também necessitava carimbar a classificação para não depender de outros resultados. Wandinho, até então nas melhores chances, incomodou o goleiro Márcio Vitor duas vezes de cabeça e a pressão surtiu efeito.

Aos 36 minutos, o capitão Elyeser bateu escanteio, Gonzalo subiu pelo alto e mandou de cabeça para abrir o placar. Foi o sexto gol do centroavante que divide a artilharia do campeonato com João Celeri do Grêmio Anápolis. O marcador permaneceu sem alterações após o intervalo.

Segundo tempo

O segundo tempo começou eletrizante. Com menos de um minuto, o zagueiro Rafael acertou o braço no rosto de João Celeri e foi expulso pelo árbitro da Fifa Wilton Pereira Sampaio, que estava próximo do lance. Suspenso, o defensor desfalca o Galo no jogo de ida diante do Vila Nova.

Não demorou muito e aos quatro minutos, após Márcio Fernandes salvar o Tricolor com difícil defesa, Matheus Guedes aproveitou o escanteio e deixou tudo igual de cabeça. Com um a mais, a Raposa foi ao ataque e fez pressão até o final da partida. A melhor chance veio com João Araújo na grande área, que finalizou mal.

Já na reta final, o arqueiro Márcio Fernandes saiu lesionado de campo e deu lugar a Wellerson que ainda teve trabalho nas investidas ofensivas do alviceleste. Márcio Vitor também fez sua parte pelo Grêmio e parou o Galo com defesas pontuais, mas o empate prevaleceu e o rebaixamento não foi evitado.

Confrontos definidos

O Inhumas foi rebaixado juntamente ao Grêmio Anápolis. Já as equipes do Goianésia e Morrinhos evitaram a zona da degola definitiva, mas não não avançaram de fase.  Conforme o regulamento da FGF, as quartas de final terão partidas de ida e volta. Os jogos foram definidos através de cruzamento olímpico de acordo com a campanha geral dos clubes. Os times à esquerda tiveram melhores pontuações e decidem a vaga na semifinal em casa. Veja os duelos.

  • 1° (26 pontos) Goiás x Goiânia (14 pontos) 8°;
  • (25 pontos) Atlético-GO x Iporá (14 pontos) 7°;
  • (20 pontos) Vila Nova x Anápolis (15 pontos) 6°;
  • (18 pontos) Crac x Aparecidense (17 pontos) 5°.

Tags

PUBLICIDADE
Whatsapp
Enviar mensagem