• Ministério da Educação dará chips com internet para estudantes da rede federal Segunda-feira, 17/08/2020 às 16:40:02

    O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira os detalhes do programa que disponibilizará internet para cerca de 400 mil estudantes em situação de vulnerabilidade das instituições federais de ensino. O MEC adotará duas modalidades para fornecer a internet: os alunos que já tiverem acesso à rede terão incremento do plano de dados com créditos de 10 GB a 40 GB, já aqueles que não tiverem acesso receberão um chip pré-pago com capacidade de 5 GB a 40 GB. Durante a coletiva de imprensa, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que a iniciativa chegou “um pouquinho tarde”.

    O MEC já havia anunciado a iniciativa no dia 1° de julho, mas não tinha detalhado como funcionaria o plano para levar internet aos estudantes e nem quanto seria gasto. De acordo com a pasta, está previsto um orçamento de R$ 24 milhões. As empresas escolhidas para fazer o serviço são a Algar e a Claro, mas caso haja vácuo de sinal na região de algum estudante, há brecha para contratação de empresa que forneça o serviço naquela localidade.

    Fonte/Foto: Emaisgoias/Marcos Oliveira / Agência O Globo