• Restaurantes, pizzarias e demais serviços de alimentação terão flexibilização nos horários em Anápolis Terça-feira, 04/08/2020 às 19:01:13

    Jonathan Cavalcante 

    Após reunião do prefeito Roberto Naves (PP) com empresários do segmento de alimentação do município, mudanças nos horários de funcionamento durante a semana podem acontecer a partir da próxima quinta-feira, 6. As alterações valem para o panorama de risco no nível moderado, o que atualmente está em vigor.

    As avaliações para essa flexibilização foram realizadas pela equipe técnica da Vigilância Sanitária, levando em conta a situação e a estrutura de Anápolis no combate à pandemia da covid-19. Com a decisão oficial, que será publicada no Diário Oficial do Município (DOM), os horários, a partir de quinta-feira, 6, ficam estabelecidos da seguinte forma:

    - Serviços de alimentação como restaurantes, lanchonetes, panificadoras/padarias, pamonharias, pizzarias e similares poderão funcionar de segunda a sexta-feira, até meia-noite, sendo permitido a consumação no local com 1/3 da capacidade máxima. Nos finais de semana, está vedado o atendimento ao público, sendo permitido apenas o delivery.

    Conforme apurado pelo Jornalista Jonathan Cavalcante, a classe se mostrou satisfeita com as alterações nos horários. Porém, todos devem cumprir as determinações estabelecidas no protocolo de alimentação.

    Os segmentos que tem sua atividade principal na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) como bares e distribuidoras de bebidas, não estarão inclusos nos novos horários, pois permanecem funcionando somente com delivery.

    Como funciona atualmente

    De segunda a sexta-feira, esses serviços de alimentação funcionam com 1/3 da capacidade máxima de consumação no local, até às 18 horas. Após esse horário, é permitido apenas os serviços de delivery e retirada da mercadoria no local.

    Possíveis alterações no panorama de risco leve

    Caso o município retorne para a matriz de risco no nível leve, existe a possibilidade da autorização para os serviços de alimentação funcionarem até 2 da manhã aos finais de semana.

    Foto: Jonathan Cavalcante