• Em inauguração de nova sede do Ministério Público, Caiado comenta multa à Enel Quarta-feira, 20/11/2019 às 12:26:28

    Lucas Almeida 

    Em pronunciamento de inauguração da nova sede do Ministério Público, em Anápolis, o Governador Ronaldo Caiado ressaltou, na manhã dessa terça-feira, 19, que tem procurado governar em sintonia com o Ministério Público, Tribunal de Justiça do Estado e com a Assembleia Legislativa para superar as dificuldades que Goiás enfrenta devido à crise financeira e fiscal.

    Ao repórter Evaristo Pereira, o governador falou sobre a importância da nova sede para a cidade e os benefícios que estão por vir, como a celeridade nos processos e melhor atendimento ao público. Questionado sobre a multa, por ele aplicada à Enel, pela precaridade dos serviços prestados, o chefe do executivo disse que “a empresa vem menosprezando o goiano, desde o período em que ela assumiu a distribuição de energia elétrica em Goiás”.

    Caiado criticou, ainda, a falta de transparência na venda dos direitos de distribuição e comparou a antiga Celg com a Petrobras no cenário nacional. “Me parece que a venda foi uma tentativa de acobertar escândalos. Na proporção da Petrobras, no cenário nacional, a Celg estava no cenário estadual com o uso indevido do dinheiro, com a utilização político-partidária e a dilapidação da estatal. Esse foi o momento em que eles transferiram a empresa para privatizá-la. Todos os cidadãos estão sentindo o prejuízo”, afirmou Caiado.

    Foto: Evaristo Pereira