• Especial Saúde da mulher | Especialista explica sobre doença que afeta de 3 a 5% da população feminina Quarta-feira, 13/11/2019 às 15:26:09 Lucas Almeida 

    Na manhã dessa quarta-feira, 13, o tema vaginismo deu continuidade a série de matérias sobre saúde da mulher no especial deste mês. A dor na hora da relação sexual – causada muitas vezes pelo medo e estresse excessivo – é um problema que afeta de 3% a 5% da população feminina.

    De acordo com a Ginecologista e Obstetra Trícia Barreto, na maioria das vezes a causa do problema é psicológica. “É uma doença que tá muito ligada ao emocional, mas que tem uma repercussão física, existe uma contração involuntária da vagina impedindo a relação sexual”, explica Barreto.

    Sobre o diagnóstico a médica orientou que a mulher que sente dificuldade, deve procurar um especialista e relatar sobre o ocorrido “a conversa é essencial no diagnóstico, depois dessa conversa no exame de toque é possível avaliar o distúrbio”.

    Alguns fatores emocionais podem estar relacionados ao vaginismo, como traumas e abusos. Para o tratamento a especialista orienta que “o tratamento é multidisciplinar, todo tratamento que busca a melhora do paciente intercala a presença de outros especialistas. Nesse caso a presença de um psicólogo, profissional de educação física e um fisioterapeuta da área ginecológica permite a evolução eficaz desse tratamento”.

    Foto: Reprodução