• Registros de violência doméstica aumentam mais de 84% em Goiás Em Goiás, o número de ocorrências registradas por crimes de violência doméstica aumentou 84,6% em 2019. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), foram 2.2 mil registros a mais que o mesmo período de 2018 (2,6 mil). Este número, porém, não significa um aumento na prática do crime, e sim que as vítimas de relacionamentos abusivos estão procurando ajuda. A quantidade de medidas protetivas solicitadas diretamente na Delegacia Estadual de Atendimento a Mulher (Deam) também aumentou. Só o primeiro semestre de 2019 já superou o total de solicitações realizadas durante o ano todo de 2018. Foram 1.533. Isso significa 124 a mais que o ano passado. O primeiro semestre de 2018 registrou apenas 659 solicitações. Para a titular da Deam, delegada Paula Meotti, a estatística é positiva. Porque significa que as vítimas estão mais atentas aos sinais de abuso e com mais forças para denunciar. “Podemos dizer que as mulheres sempre sofreram violência doméstica, mas nem sempre conseguiam denunciar. Hoje, grande parte das mulheres já tem consciência de boa parte de seus direitos e já está sabendo detectar se está vivendo em um relacionamento abusivo. Elas não aceitam mais se sujeitar a situações de constrangimento e violência”, declara. DENUNCIE Para denunciar casos de violência doméstica ou para tirar dúvidas, basta entrar em contato com a Central de Atendimento à Mulher pelo 180. A ligação é gratuita e confidencial. Funciona 24h por dia, de segunda a domingo, em todo o Brasil. O serviço é da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos do Ministério dos Direitos Humanos (MDH). Fonte/Foto: Mais Goiás/ Reprodução