• “Maioria dos abusos é em ambiente familiar”, diz psicóloga Terça-feira, 14/05/2019 às 11:14:44
    Leandro Santiago

    No mês de maio, a Fundação Frei João Batista Vogel, em parceria com as Rádios São Francisco 97.7, 96 e Cultura 101 FM promove a campanha Não Tire a Inocência de uma Criança, para tratar sobre abuso e exploração sexual infantil. 

    Para abordar o tema, o Bate Rebate desta terça-feira, 14, recebeu a psicóloga Michele Gomes, integrante da equipe interprofissional do Juizado da Infância e Juventude de Anápolis.

    Segundo Michele, a maioria dos abusos acontecem no ambiente familiar e a denúncia pode ser feita por qualquer pessoa. Comportamento agressivo, insônia e recusa em frequentar ambientes onde os abusos acontecem ou em estar com as pessoas abusadoras são sinais.

    O Juizado da Infância e Juventude de Anápolis acolhe abusos sexuais feitos por menores contra menores, o que segundo Michele, os casos vêm acontecendo com certa frequência.

    “Normalmente os casos de abusos são intrafamiliar. Não dá para dizer exatamente quais características os agressores apresentam porque eles reagem de formas variadas. É uma pessoa como qualquer outra”, afirmou Michele, o que torna mais difícil identificar previamente um abusador.

    Foto: Tati Bastos