• Impostômetro já registrou mais de 900 bilhões em 2019 Segunda-feira, 13/05/2019 às 17:00:56

    Lucas Almeida

     

    Criado em 2005 para estimar o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, estados e municípios, o impostômetro registrou na última semana mais de R$ 900 bi. Os dados fornecidos pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) reforça a ideia de que o Brasil é realmente um dos países que mais se paga impostos.

    Para o economista Aires Cardoso, o imposto nunca é demais desde que ele seja aplicado da maneira correta e traga retorno para a sociedade. “O problema é o cenário político que temos hoje, essas cenas de corrupção, deixa claro para nós que não vamos ter retorno, trabalhamos 153 dias por ano para pagar impostos”,explicou.

    Aires ainda reforçou a ideia de que fazer parte do empresariado hoje no Brasil é uma tarefa difícil. Segundo o economista a carga tributária do país é alta e reflete incisivamente nos impostos cobrados. “Isso é algo que deveria ser revisto pelo Governo, empresas geradoras de emprego e economia, são altamente taxadas e isso perde competitividade com outros países e também a motivação do empresário de expandir seu negócio”, concluiu.

     

    Foto: Reprodução