• Anapolinos avaliam governos Caiado e Bolsonaro Sábado, 20/04/2019 às 10:37:21
    Leandro Santiago

    No último sábado, 13, o Bate Rebate recebeu representantes de diferentes partidos para avaliar os governos Caiado e Bolsonaro. Durante o debate, populares reclamaram da preocupação dos participantes em falar da polarização entre esquerda e direita e pouca preocupação com os problemas reais da população.

    Por isso, o Bate Rebate deste sábado, 20, convidou ouvintes para falar sobre o momento político atual, especialmente dos governos estadual e federal. “Eles tentam ludibriar a população falando de passado. Não é isso que o povo quer. Queremos ouvir propostas”, reivindicou a salgadeira Edna Almeida.

    “Eu voto em quem tem boa proposta”, resumiu o empresário Adelcimar. “A classe política não tem classe para um debate”, completou. Em meio a crise que afeta a educação, a estudante de engenharia civil Dayse Viana demonstrou preocupação. “Nós não temos verbas para projetos científicos, desenvolvimento, professores, laboratórios. Como serão os futuros profissionais?”, questionou.
     
    O engenheiro Carlos Eduardo Fernandes cobrou políticas de emprego. “Não tem propostas para manutenção de empresas. Será que o governo estadual se preocupa, por exemplo, com as empresas do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia)?”, perguntou.

    Educação e empregos também são preocupações da funcionária pública Neide Xavier dos Santos, mãe de dois filhos desempregados, um deles deficiente auditivo. “Infelizmente os políticos não olham para a educação”, resumiu.


    (Edna Almeida, Neide Xavier, Carlos Fernandes e Dayse Viana)

    Foto capa: Arquivo/Divulgação | Foto estúdio: Weber Witt