• Tuberculose volta a avançar no Brasil e preocupa autoridades Sexta-feira, 12/04/2019 às 10:00:48
    Leandro Santiago

    Doença mortal no início do século passado, a tuberculose já não mata tanto quanto antigamente. Mas a volta do aumento dos casos da doença no Brasil preocupa as autoridades. Para o médico infectologista Marcelo Daher a evolução da tuberculose está ligada ao crescimento de outras doenças, como a AIDS e diabetes, além dos maus hábitos.

    “O aumento dos casos de HIV costuma aumentar os casos de tuberculose e vice-versa. Diabéticos tem fator maior para tuberculose. E o tabagismo tem relação com o aumento dos casos de tuberculose de forma marcante”, afirmou o médico em entrevista para o Bate Rebate desta sexta, 12.

    Existem vários tipos de tuberculose, mas a pulmonar é mais contagiosa, transmitida através do bacilo da doença, transmitido por quem tem a enfermidade e acaba aspirado por outra pessoa. Um dos sintomas mais conhecidos é a tosse prolongada com sangue, mas segundo o médico, é um sinal de que a tuberculose está mais avançada. Por isso, Marcelo recomenda ficar atento a outros sintomas. “Suor com febre baixa no fim da tarde. E na hora de dormir, um suor intenso”, disse o médico.

    O tratamento dura de 6 a 9 meses e todos os medicamentos são fornecidos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e tem que ser cumprido até o fim, ou a doença pode voltar. “O bacilo se multiplica lentamente e por isso precisa de um tempo maior de tratamento. O paciente tem que ir mensalmente na unidade de saúde. Com o uso irregular do medicamento o risco de resistência é muito maior”, alertou o infectologista.

    Foto: Tati Bastos