• Anápolis registrou 81 mortes por acidentes de trânsito em 2018 Sexta-feira, 01/02/2019 às 12:40:47

    Lucas Almeida

     

    Em 2018 o Brasil teve mais de 60 mil mortes por acidente de trânsito, dessas, Anápolis teve registro de 81, segundo dados do Delegado Manoel Vanderic, titular das especializadas de atendimento ao idoso, pessoa com deficiência e investigação de crimes de trânsito. Entrevistado no programa Bate Rebate o delegado relacionou o alto número de acidentes, a embriaguez no volante.

    De acordo com dados da última Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS) sobre o consumo de álcool pela população brasileira, 24,3% admitiram dirigir logo após consumir bebida alcoólica. Vanderic justifica esses dados e ainda critica que as notícias de acidentes de trânsito tornaram-se costume para a população. “Ninguém se sensibiliza mais com esse tipo de acidente. Se um avião cai, isso vai ser investigado, agora acidentes de trânsito acabam na mesmice e na impunidade, principalmente pela cultura do brasileiro de beber e pegar o volante. O motorista embriagado não enxerga seu carro como uma arma fatal, acha que a polícia deve prender somente bandido que possui arma de fogo”, pontua o delegado.

    Sobre a Operação Direção Consciente, suspensa no final de 2018, o delegado esclareceu que existem alguns impasses para o seu retorno, que estava previsto para janeiro deste ano. “Isso virou uma novela mexicana. Devido a grande quantidade de prisões, os bares começaram a ter prejuízos na venda de bebidas. Isso causou certa mobilização, que contou ainda com a ajuda de alguns políticos que gostam de beber. Foram em Goiânia, e não sei como, conseguiram cortar a verba. Desde então consegui sensibilizar o prefeito, e a prefeitura decidiu arcar com essa dívida. Estamos aguardando esse repasse para então voltar a realizar a operação semanalmente”, destaca Vanderic.

     fonte/foto: Rádio São Francisco / Tom Wang