• Goiás lança plano de ação para fiscalização de barragens Terça-feira, 29/01/2019 às 15:29:01

    Lucas Almeida

     

    Após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, na última sexta-feira (25), em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, criou-se uma preocupação em Goiás, uma vez que, segundo pesquisa apresentada pelo Instituto Mauro Borges aponta que o Estado possui cerca de 8 mil barragens, sendo 10 ou 11 de rejeitos de mineração.

    Em entrevista ao programa Bate e Rebate, o integrante do Corpo de Bombeiros, Tenente Almeida, destacou que “Agora com esse alerta, os órgãos ambientais vão intensificar as vistorias e as verificações nas barragens aqui do Estado, lembrando que a responsabilidade é conjunta, dos órgãos tanto em esfera Federal, Estadual quanto Municipal, principalmente quando a barragem gera perigo ao município”.

     

    Plano de Ação

     

    A Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (SECIMA) anunciou hoje, 29, um plano de ação para o controle e segurança das barragens em Goiás. Em coletiva, a secretária, Andréa Vulcanis, falou da força tarefa criada para a fiscalização e cadastramento de todos os tipos de barramentos no Estadoe destacou a importância desse trabalho que visa “Adotar medidas enérgicas para que os barramentos de Goiás sejam classificados e monitorados com vistas à proteção da população e do meio ambiente goiano”, destaca a secretária.

     

    Fonte/ foto: Rádio São Francisco / SECIMA